Em Setembro o Alentejo sobe para 18 152 desempregados
Publicado | 2020-10-21 04:58:13
 
Há mais 108 mil desempregados do que há um ano, segundo os indicadores divulgados pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional. Mulheres, jovens e inscritos há menos de um ano respondem pelo maior incremento.
 

Ao longo do mês de Setembro inscreveram-se nos centros de emprego nacionais 54 769 desempregados, mais 7,4% (+3.791) do que em período homólogo e de 27,3% (+11 736) em cadeia. E embora as ofertas de emprego recebidas ao longo do mês e as colocações realizadas tenham registado um aumento face ao mês de Agosto - de 28,8% (+ 2.637) e de 23,3% (+1.556), respectivamente - não foram suficientes para inverter a aumento do desemprego.

A nível regional, o desemprego registado aumentou na generalidade das regiões. Dos aumentos homólogos, o mais pronunciado deu-se na região do Algarve (+157,5%).

No final do mês, 14.398 ofertas de emprego ficaram por preencher. São menos 4.528 (23,9%) ofertas do que em Setembro de 2019, mas mais 822 (6,1%) do que as que ficaram por preencher em Agosto deste ano.

O Alentejo regista 18 152 desempregados o que corresponde a 4,4% do total de desempregados do País.

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
20 19
13 11
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda