Delegação de Beja da Ordem dos Médicos faz apelo público
Publicado | 2020-10-14 04:16:19
 
O Conselho Sub-Regional de Beja da Ordem dos Médicos (CSBOM) veio a público apelar, num momento em que se verifica uma 2ª vaga da pandemia, que se encare este agravamento sem pânico, mas com seriedade.
 

No documento enviado à redacção da Planície, o CSBOM, refere que se deve seguir “as indicações das autoridades de Saúde (uso de máscara, distanciamento social, higienização das mãos) pela população em geral, e em especial por todos os que, pelas suas funções sociais, têm particulares responsabilidades neste combate”.  Apela também, no que concerne ao absoluto respeito por aqueles que, estando contagiados, “não podem ser vítimas de atitudes atentatórias da sua dignidade e da sua liberdade, como tem sucedido por parte de conhecidos ou vizinhos seus; por fim, apela a que cada um se proíba à divulgação de boatos, que só servem para desinformar e agravar os medos que as pessoas já sentem”.

O Conselho expressou ainda “o seu reconhecimento pela entrega, pela resistência e pela competência dos profissionais da Saúde, apesar das condições difíceis em que laboram, dos óbvios riscos que correm e, mesmo, de comentários de que, algumas vezes, são alvo”.

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
20 19
13 11
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda