BE recomenda voto em branco na eleição do Presidente da CCDR Alentejo
Publicado | 2020-10-13 04:40:02
 
Segundo um comunicado da Coordenadora distrital de Beja do Bloco de Esquerda, “as eleições para as CCDR que se realizam hoje, dia 13 de Outubro são fruto de um acordo do Bloco Central que mereceu a crítica e oposição do B E desde o primeiro momento”.
 

O documento refere que “as CCDR’s mantêm a sua natureza jurídica dependente do Estado central e as e os autarcas eleitores não têm nenhum poder de fiscalização do Presidente a eleger que, aliás, pode ser demitido a qualquer momento pelo governo.

Com este acordo, PS e PSD fomentam o controlo partidário da administração do Estado, com candidatos impostos pelas cúpulas dos dois partidos para as presidências e vice-presidências das cinco CCDR’s”.

O Bloco de Esquerda apela aos autarcas, que expressem a sua oposição a “esta farsa eleitoral” através do voto em branco, reafirmando a sua defesa de um processo de regionalização democrático que reforce a coesão social e territorial do país, com a eleição directa e plural da Assembleia Regional.

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
20 19
13 11
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda