Observatório do Baixo Alentejo reuniu com António Costa Silva
Publicado | 2020-10-08 04:17:40
 
O Observatório do Baixo Alentejo reuniu, em Lisboa, com António Costa Silva, autor da "Visão Estratégica para o Plano de Recuperação 2020/2030”.
 

Jorge Barnabé do Observatório referiu à Planície que “nós apresentamos no período da discussão pública um documento de contributos para o Plano de Recuperação económica Portugal 2020/2030. Nesse sentido tivemos agora uma reunião presencial com o Professor Costa Silva, para lhe fundamentarmos as nossas argumentações e explicarmos o porquê da nossa visão e como poderá ser desenvolvida”.

Sobre a mesa está a criação do supraterritório do sudoeste ibérico, defendida pelo Observatório, e a afirmação do Baixo Alentejo como região decisiva para o desenvolvimento de Portugal, na procura de respostas para os problemas decorrentes do agravamento das situações de pobreza, desertificação e despovoamento.

A delegação do Observatório do Baixo Alentejo vincou ainda a importância estratégica da criação de um eixo ferroviário de mercadorias que ligue Sines a Beja e que fortaleça o eixo Sines-Beja-Sevilha, com principal incidência na dinamização do aeroporto de Beja como hinterland ibérico e de relacionamento com o norte de África, a partir de uma infraestrutura aeroportuária industrial e de logística. 

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
20 19
13 11
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda