Covid-19 - Urgência de obstetrícia do hospital de Beja fechada até 7 de Outubro
Publicado | 2020-09-30 04:31:40
 
A urgência de ginecologia e obstetrícia do hospital de Beja vai continuar fechada até 07 de outubro por falta de médicos devido ao surto de covid-19 que já infetou 31 profissionais da unidade, foi hoje divulgado.
 

Devido ao surto e à "consequente falta de médicos da especialidade" para preencher as escalas, o Serviço de Urgência de Ginecologia e Obstetrícia do hospital de Beja vai manter-se "temporariamente" fechado até às 08:00 de dia 07 de outubro, refere a Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA), numa informação hoje divulgada.

Enquanto o serviço estiver fechado, não há atendimento de ginecologia e obstetrícia a utentes provenientes do exterior, as quais serão encaminhadas para os hospitais públicos mais próximos, mas o internamento na especialidade mantém-se a funcionar para as internadas no hospital de Beja, explicou à agência Lusa a presidente da ULSBA, Conceição Margalha.

Em declarações à Lusa na segunda-feira, a responsável explicou que, devido ao surto, o hospital ficou "temporariamente" com "falta de médicos da especialidade para preencher as escalas" do Serviço de Urgência de Ginecologia e Obstetrícia e teve de fechá-lo no domingo às 20 horas.

Conceição Margalha disse que o serviço iria ficar fechado "de certeza" até às 08:00 de hoje, porque já se sabia que não havia médicos para fazer as escalas até então, mas hoje a ULSBA divulgou que a situação vai manter-se até às 8 horas de dia 07 de outubro.

Lusa

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
20 19
13 11
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda