Hoje é o regresso às aulas no concelho de Moura em época de Covid-19
Publicado | 2020-09-17 04:26:50
 
Com o arrancar do novo ano lectivo, começam a surgir dúvidas de como as escolas irão funcionar, para assegurar a segurança e saúde de toda a comunidade.
 

No entanto, Rui Oliveira, Presidente da Comissão Administrativa Provisória (CAP) do Agrupamento de Escolas de Moura, acredita que o civismo e responsabilidade dos cidadãos tem de ser o principal factor para evitar a propagação da Covid-19: “Vão estar, aproximadamente, 650 pessoas a circular na Escola Secundária de Moura. Portanto, como podem imaginar, não vai ser muito fácil mantermos o distanciamento social. E vai caber a cada um, individualmente, respeitar as regras e tentar fazer com que tudo corra bem, porque é muita gente”.

“Honestamente, na minha opinião pessoal, a data que o Ministério colocou cá fora como obrigatoriedade para o início das aulas do ano lectivo 2020/2021 é uma data precoce”, defende o Presidente da CAP, mencionando que as escolas precisam de tempo para preparar o ano escolar, tendo em vista a situação pandémica. 

Poderá aceder à reportagem completa na edição de Setembro do jornal “A Planície”, onde encontrará informações sobre as normas de segurança e alterações no funcionamento das escolas, devido à pandemia provocada pela Covid-19.

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
27 24
13 12
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda