O Alentejo na Festa do Avante sem o tradicional palco
Publicado | 2020-09-04 04:11:26
 
A 44ª edição da Festa do Avante inicia-se hoje e termina no próximo dia 6 de Setembro. Este ano, a área do recinto foi aumentada em 10 000m², com a abertura aos visitantes de áreas até agora vedadas, no sentido de garantir um melhor descongestionamento e distanciamento, quer entre os diversos espaços quer entre os visitantes.
 

O deputado do PCP, eleito por Beja, João Dias, referiu à Planície que a participação do Distrito de Beja não vai ser igual aos anos anteriores, devido às contingências da covid 19.

“É preciso ter em consideração que a Festa do Avante este ano terá contornos diferentes, nomeadamente com a sua organização em termos de espaços e de oferta cultural, que foi reduzida”, salientou João Dias, acrescentando que “nós continuamos a levar para a festa aquilo que é a nossa gastronomia, a identidade do Alentejo, mas também a nossa cultura. De referir, que esperamos uma participação mais reduzida de participantes, e dos 33 mil que tínhamos previstos, a DGS impôs ao PCP somente 16 mil participantes.”

O parlamentar acrescentou ainda que “o palco Alentejo não vai ter o habitual desempenho artístico e cultural, que nos tem caracterizado nos últimos anos, visto que foi reduzido de 10 para 3 palcos. Não haverá uma participação muito grande de excursões do Distrito de Beja, contudo há ainda oportunidade de integrar uma ou outra com lugares vagos.”

Para evitar aglomerações nas entradas, as portas abrirão, para os visitantes, às 16h00. O encerramento das entradas (e reentradas) é antecipado. Todos os espaços de restauração encerram até às 00.00h, na sexta-feira e no sábado, e até às 22h30, no domingo. Os espectáculos terminam até às 00:30.

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
25 25
16 15
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda